• Todas as comunidades
    • Todas as comunidades
    • Fóruns
    • Idéias
    • Blogs
Avançado

Kudos1 Stats

Como configurar e proteger seu novo dispositivo

Parabéns pelo seu novo aparelho! Provavelmente você está ocupado com a diversão de ter um novo gadget e na compra de uma capinha nova em folha (ou brilhante). Embora a capa proteja seu aparelho fisicamente, ela não torna seu telefone completamente seguro. Por quê? Porque não protege o que é mais importante: suas informações.

Pense em tudo o que você pode fazer nos seus aparelhos – compartilhar fotos preciosas, pedir seu café preferido e fazer compras. Com o aumento dos crimes cibernéticos e os altos custos associados a eles, é ainda mais essencial que você aprenda a proteger o que importa mais: as informações pessoais dentro de seu aparelho.

O relatório da Norton sobre segurança cibernética em 2016, intitulado2016 Norton Cyber Security Insights Report, revelou que 689 milhões de pessoas em 21 países tiveram experiência com crimes cibernéticos só no ano passado. As vítimas desse tipo de crime gastaram US$ 125 bilhões no total com as consequências de invasões, phishing, roubo de identidade e crimes on-line. E não dá para precificar o tempo que uma vítima gasta para recuperar seus dados.

De laptops a relógios inteligentes e à conexão segura, nós criamos o guia mais completo sobre como proteger seu novo aparelho.

Como configurar seu computador novo com segurança:

1. Instale software de segurança

Assim que você se conecta à internet, seu computador fica vulnerável. Apesar de um computador novinho que acabou de sair da caixa parecer seguro, ele não é. Às vezes um computador novo pode ficar no estoque durante meses até ir para casa. Uma das primeiras coisas que você deve fazer com ele é instalar um pacote de software de segurança na internet, como o Norton Security. Um programa de segurança atualizado defenderá seu computador de vírus, spyware, malware e outras ameaças on-line.

2. Atualizações de software

Como já foi dito, às vezes um computador pode ficar parado por um tempo antes de ser vendido. Durante esse período, há uma grande chance de os softwares instalados no computador terem sidoatualizados pelo fabricante para ajudar a protegê-los das chamadas vulnerabilidades de software. No entanto, esse computador novo nunca foi ligado até chegar a suas mãos e ainda não teve a oportunidade de ser atualizado. Assim que você tiver instalado o software de segurança on-line, faça todas as atualizações do sistema operacional. Isso protegerá seu computador contra as ameaças mais recentes e conhecidas no ambiente da internet.

3. Retire software desnecessário

Muitos computadores novos vêm com softwares agregados, ou “add-ons”. Cada programa no seu computador é essencialmente uma fraqueza, pois pode conter vulnerabilidades de software. Quanto mais programas seu computador tiver, mais vulnerável ele fica. Confira os aplicativos do seu computador e apague os que você sabe que não usará.

4. Coloque senha nele

Assim como a chave de casa, a senha é a chave desua vida digital. O uso de senhas seguras é essencial em todos os aparelhos físicos e é primeira defesa contra acessos não autorizados. Você pode achar que seu computador está seguro em casa, mas incidentes acontecem e, no caso de seu computador ou laptop ser roubado ou perdido, ninguém vai conseguir entrar nele.

Muitas pessoas cometem o erro de usar senhas muito simples. É, o nome do seu bicho de estimação é uma senha legal, mas também é muito mais fácil de adivinhar do que uma palavraque mistura números e símbolos a letras aleatórias.Com a rapidez e as tecnologias atuais, uma senha nunca é complicada demais.

5. Faça um plano de backup

Depois de estabelecer a segurança on-line do seu novo computador, faça um plano para proteger seus dados digitais. Existem muitos jeitos disponíveis para fazer o backup de seus dados, tanto fisicamente quanto na nuvem. Na verdade, recomendamos os dois, pois segurança nunca é demais. O Norton Security Premium não só oferece segurança na internet, como também tem 25 GB de armazenamento seguro na nuvem para seu PC.

Além de salvar os arquivos na nuvem, é sempre uma boa ideia ter uma cópia física deles. Discos rígidos externostêm preços extremamente acessíveis hoje em dia. Ao comprar um HD externo, verifique a capacidade de armazenagem e se certifique de que o modelo que você escolher é maior do que o disco rígido interno de seu computador.Depois de escolher seu HD, crie uma rotina de backup. A maioria dos sistemas operacionais de computadores vem com um utilitário de backup já incorporado. Você pode programá-lo para backups semanais ou mensais. Sempre que concluir o backup, lembre-se de desconectar o HD externo do computador para mantê-lo seguro contra ameaças on-line.

6. Transferência de dados

Se você fez o backup de seus dados com êxito antes de limpar seu disco rígido antigo, os arquivos serão colocados no novo computador em um piscar de olhos. Basta conectar o HD externo ou pen-drive e arrastar os arquivos para o novo computador.

Como configurar seu telefone celular ou tablet com segurança:

1. Primeiro, faça o backup de seu aparelho antigo
Ao adquirirum novo telefone ou tablet, você provavelmente vai querer transferir seus dados antigos para o novo aparelho. Para tanto, antes você precisará de uma cópia de seus dados antigos. Isso pode ser um pouco complicado quando se trata de aparelhos móveis, pois às vezes as pessoas compram um aparelho diferente do anterior. Se seu novo aparelho é completamente diferente do anterior, o melhor é conferir no site da operadora como transferir dados de um telefone antigo para um novo.

2. Atualize o Sistema Operacional

Assim como acontece com os computadores, telefones e tablets novos podem ficar parados um tempo antes de serem comprados.Assim que você tiver carregado e conectado seu aparelho, confira as atualizações do sistema operacional e as instale imediatamente.

3. Senha do aparelho

Senhas em telefones e tablets são outra questão importante.Destravar seu aparelho com uma passada de dedo pode até ser conveniente, mas também significa que ele está vulnerável a qualquer pessoa que o pegar. Use uma senha em seu celular e certifique-se de que ele trava automaticamente. Essa segurança extra pode ajudar muito.

4. Use software de segurança na internet

Da mesma forma que os computadores, o cenário de ameaças a aparelhos móveis é muito ativo. Existe uma profusão de ameaças móveis por aí, tais como golpes, aplicativos falsos,malware móvel, entre outras. Instale um aplicativo de confiança contra malware,de uma fonte segura e séria, como o Norton Mobile Security. Cada vez que baixar um novo aplicativo, faça uma varredura para verificar se o download teve êxito e não contém códigos maliciosos.O malware é popular especialmente nos aparelhos Android.

5. Cuidado com lojas de aplicativos de terceiros

Sempre verifique os aplicativos antes instalá-los em seu telefone. Existem aplicativos de terceiros que são disponibilizados fora das lojas oficiais de aplicativos. Embora muitos desses aplicativos sejam inofensivos, outros podem conter código malicioso.Recomenda-se não visitar essas lojas, e sim apenas as lojas oficiais. Você também pode usar o Norton App Advisor, que está incluso no Norton Mobile Security. O Norton App Advisor escaneia os aplicativos antes de você baixá-los na loja Google Play para evitar a instalação de aplicativos com malware. Além da proteção contra malware, o App Advisor também alerta sobre aplicativos que compartilham informações pessoais, consumemmuitos dados, usam muita bateria ou bombardeiam de anúncios.

6. Desative a conexão via Bluetooth

Desative a conexão via Bluetooth quando sairem locais públicos. O Bluetooth permite que seu telefone se conecte sem fio a outros eletrônicos com conexão – possibilitando que outras pessoas se conectem a seu aparelho sem sua permissão se ele for deixado ligado e sozinho. Os invasores podem estar em qualquer lugar, como no café que você frequenta ou na lavanderiade autosserviço da esquina que você usa. Deixar seu Bluetooth ligado coloca você e suas informações pessoais em uma posição de grande desvantagem.

7. Capas duráveis

A maioria dos aparelhos aguenta cair numa poça, piscina ou vaso sanitário, mas não por muito tempo. Se você se preocupa com seu aparelho estar sujeito a intempéries, pense em investir em uma capa à prova d’água. Se você for daqueles que derrubam muito o aparelho no chão, talvez seja bom investir em uma capa resistente a batidas.

Protegendo a Internet das Coisas:

Proteja suas “coisas”

Um aspecto dos aparelhos de IoT frequentemente negligenciado é que TODOS eles são computadoresconectados à internet. Esses computadores, ainda que muitos sejam do tamanho de uma moeda, também são vulneráveis a malware, assim como computadores comuns, tablets e telefones.Vasculhe seu aparelho para saber se ele tem uma senha padrão. Se for o caso, o website do fabricante deve oferecer instruções para alterá-la. Certifique-se de que a senha que você criar seja complicada, única e difícil de adivinhar. E não use a mesma senha em outros aparelhos.Pode parecer um jeito fácil de lembrar as senhas; porém, se um hacker obtiver uma senha, pode tentar essa mesma senha em outras coisas.

Como se conectar à Internet de forma segura:

Uso seguro do Wi-Fi em casa

O roteador doméstico é como uma porta de entrada para sua casa pela internet. Obviamente você quer que esse aparelho seja o mais seguro possível. Com o uso de vários aparelhos e da Internet das Coisas, existem diversos dispositivos em sua casa que acessam o roteador e se conectam à internet. Uma pequena vulnerabilidade na rede sem fio doméstica pode dar a criminosos cibernéticos acesso a quase todos os aparelhos que acessam a rede do roteador. Ao fazer a segurança do roteador, é preciso levar em conta, entre outras coisas: alterar o nome e a senha que vêm como padrão no roteador e na rede, habilitar a criptografia da rede e até mesmo configurar um firewall.

 

Wi-Fi seguro em todos os lugares que você estiver:

Constantemente usamos nossos aparelhos, dentro ou fora de casa. Como resultado, devemos ter cautela ao usar nossos aparelhos com WiFi público não seguro. Muitos riscos podem vir com a conexão a essas redes, tais como ataques de intermediário (man-in-the-middle), WiFi espião e distribuição de malware, entre outros.Como andamos para lá e para cá com esses aparelhos, é essencial mantê-los seguros quando estamos fora, para não colocarmos nossas redes domésticas em risco.

Tenha essas dicas e sugestões em mente neste início de ano e garanta que seus aparelhos estão a salvo de ameaças – de invasores ou intempéries. Acompanhe as últimas inovações de segurança para ter tranquilidade em relação à segurança de seu aparelho. A melhor maneira de estar à frente dos criminosos é participar ativamente de sua segurança na internet. Informe-se sobre as ameaças que estão por aí e como elas podem afetá-lo. Use software de segurança, verifique seus aparelhos e os proteja. E fale para seus amigos fazerem o mesmo! Quando muitas pessoas se protegem juntas, os invasores têm menos alvos para explorar.

Comentários

Kudos0
I already feel better. Thank you