• Todas as comunidades
    • Todas as comunidades
    • Fóruns
    • Idéias
    • Blogs
Avançado

Kudos2 Stats

Consumidores acreditam que usar uma Wi-Fi pública é mais arriscado que usar banheiro público

Diante do cenário de ameaças na internet em constante crescimento, o crime on-line tornou-se parte da vida. Enquanto lemos sobre violações e roubo de identidade a cada dia em nossos noticiários, queríamos entender melhor através do Norton Cybersecurity Insights Report como você, consumidor, é afetado diretamente como ser humano. O Norton Cybersecurity Insights Report captura como os consumidores percebem e reagem a transações on-line e ameaças atuais existentes na internet.

O que é o Norton Cybersecurity Insights Report?

O objetivo do Norton Cybersecurity Insights Report é examinar o comportamento humano on-line e os impactos emocionais causados nos consumidores globalmente. Foram pesquisadas 17.125 pessoas em 17 mercados ao redor do mundo e os resultados são surpreendentes. Você pode acessar aqui o relatório completo com todos os resultados. Veja aqui alguns destaques:

Principais conclusões

  • 593.752.900 pessoas foram vítimas do crime on-line no úlltimo ano;
  • Consumidores ao redor do mundo acreditam que é duas vezes mais provável ter as informações do seu cartão de crédito roubado online do que suas carteiras; 
  • A maioria das pessoas ainda falha no teste mais básico de segurança on-line: uso de senha

Impacto Emocional


Através das respostas dessa pesquisa, concluímos que a irritação, preocupação e frustração é bastante relevante entre os usuários, por uma boa causa. Globalmente, 60% dos entrevistados acreditam que o uso de Wi-Fi público é mais arriscado do que usar um banheiro público, e 80% sentem que a chance de ser vítima de um crime online é significativa o suficiente para se preocupar.

Além do medo, há uma enorme percepção de inconvenientes. No Brasil, 45% das pessoas preferem cancelar planos de jantar com um melhor amigo do que ter de lidar com cancelamento de seu cartão de débito ou crédito. 69% das pessoas globalmente acreditam que as conseqüências de lidar com uma identidade roubada é mais estressante do que sentar-se ao lado de uma criança chorando em um avião e, com razão, 41% das vítimas de crimes on-line afirma terem ficado "furiosas" depois de ter passado por um crime on-line. Estas estatísticas mostram que o cibercrime tem um custo emocional real. 85% dos entrevistados no Brasil ficariam arrasados se suas informações financeiras pessoais fossem comprometidas.

Impacto Financeiro

Dos 17% dos países entrevistados, houve uma estimativa de perda total  de $150.000.000.000  devida ao cibercrime. Além da dificuldade financeira que o cibercrime traz, existem ainda custos que vão além das finanças. Consumidores brasileiros perderam uma média de 17 horas (cada um) durante o ano passado, lidando com questões remediadoras em consequência do crime on-line.

Millenials vs. Baby Boomers(crianças)

Embora eles não tenham crescido durante a era digital, eles certamente ajudaram a iniciar o movimento de tecnologia. Baby Boomers são muito mais experts em tecnologia do que o esperado: 40% dos consumidores norte-americanos acreditam que gerações mais velhas estão mais vulneráveis ao crime on-line, enquanto as cranças, na verdade, relatam comportamento on-line mais seguro do que os  Millennials. Eles são os menos propensos a compartilhar suas senhas e mais propensos a usar senhas seguras. Como resultado, apenas 26% de consumidores baby boomers experienciaram crime on-line no ano passado.

É interessante notar que Millennials são mais propensos a ignorar a precaução. Enquanto trabalhavam, realizavam negócios e socializavam on-line, 61% por cento dos Millennials brasileiros foram vítimas de crime on-line no ano passado. Como resultado desta abordagem negligente com a segurança, 56% dos Millennials globalmente já teve uma experiência pessoal com crime on-line.

Conclusão

Estamos sempre à procura de diferentes medidas para capacitar e proteger consumidores. Nossa esperança é que através dos resultados do Norton Cybersecurity Insights Report pessoas sejam levadas a uma conscientização geral sobre essas ameaças dando um sentido mais claro do que está em risco e por que é necessário ter bastante cuidado.

Tem havido diversas discussões sobre privacidade. As pessoas pensam que se não estão fazendo nada de errado, o que elas tem a esconder? A resposta é: tudo. Privacidade não se trata de esconder suas ações do mundo, trata-se de esconder a sua identidade. Se queremos tirar o maior proveito possível do nosso incrível mundo digital interconectado, temos de proteger melhor os nossos dispositivos e nossa informação. Programas de segurança da Internet, abrangentes, como o Norton Security, podem nos proteger - até certo ponto. Porém, se você combinar isto a uma forte educação sobre segurança cibernética, poderá ir audaciosamente onde quer que você deseja que a Internet o leve.