• Todas as comunidades
    • Todas as comunidades
    • Fóruns
    • Idéias
    • Blogs
Avançado

Kudos0

Explicação sobre Termos de Serviço de software e políticas de privacidade

Se você for como a maioria das pessoas, você não lê os Termos de Serviço quando obtém um novo aplicativo ou compra um novo dispositivo. Esse é um grande erro, porque muitos aplicativos do mercado que não são nada ideais, conhecidos como “grayware”, contam com você para permitir o acesso às suas informações. Eles sabem que a maioria das pessoas não lê os Termos de Serviço; portanto, os termos deles incluem uma linguagem que autoriza uma enorme invasão de sua privacidade. Ao mesmo tempo, você pode ter notado que a maioria dos Termos de Serviço é um texto clichê. Como é possível ler os Termos de Serviço e descobrir o que precisa saber sobre privacidade sem perder muito tempo lendo a terminologia padrão?

A política de privacidade é o mais importante

Quando se trata de manter a segurança e a integridade de seus dados, a única coisa que você realmente precisa ler é a política de privacidade contida nos Termos de Serviço. Boa parte do restante do texto não será necessária para proteger seus dados. Portanto, quando começar a analisar seus Termos de Serviço, poderá seguir diretamente à política de privacidade e começar a ler essa seção.

Este é o seu segundo problema. Em sua maior parte, os Termos de Serviço são escritos em termos jurídicos. Eles podem ser difíceis de compreender, até mesmo para pessoas costumadas a ler documentos desse tipo. Como é possível decifrar uma política de privacidade?

  • Basicamente, todas as políticas de privacidade consistem em seis partes diferentes.
  • A seção de “aviso” informa a você quais informações serão coletadas e como elas serão usadas. De alguma forma, essa é a parte mais importante de qualquer política de privacidade.
  • A seção de “segurança” também é importante, já que informa o que a empresa está fazendo para proteger os dados que obtém de você.
  • As cláusulas de “acesso” e “transferência de dados pessoais” explicarão quem pode acessar seus dados e com quem, em quais circunstâncias, os dados são compartilhados.

Observe que uma empresa conceituada deseja que sua política de privacidade seja a mais transparente possível e, ao mesmo tempo, procura agir nos termos da lei.  Por outro lado, as empresas que podem estar querendo tirar vantagem de você tornarão as políticas de privacidade desnecessariamente complicadas.

O que procurar em uma política de privacidade

Já que existe uma política de privacidade para cada empresa na Internet, é difícil detalhar exatamente o que está contido em uma política de privacidade. No entanto, algumas das coisas que devem ser procuradas ao ler uma política de privacidade são:

  • Uma lista explícita de quais dados serão coletados de você. Geralmente, as empresas têm que coletar alguns tipos de dados para que os produtos funcionem. Elas devem dizer exatamente quais dados serão coletados;
  • Uma lista de com quem e por que suas informações serão compartilhadas. Aqui, geralmente o texto será vago – ou seja, “terceiros”. Até aí, não há problemas, mas em quais circunstâncias elas compartilharão seus dados? Elas somente os compartilham com empresas que têm políticas de segurança e durante o curso normal dos negócios? Se não houver cláusulas que expliquem quem são esses terceiros e quando eles têm acesso a seus dados, isso pode ser um enorme sinal de alerta.
  • A política de privacidade deve incluir um texto sobre como a empresa protegerá seus dados. Geralmente, isso incluirá explicações sobre como os dados serão armazenados. Se essa parte da política de privacidade estiver ausente ou incompleta, procure um material de software ou hardware concorrente.

Se tiver dúvidas, não hesite em enviar um e-mail ao atendimento ao cliente da empresa e começar a fazer perguntas. Provavelmente, as empresas mais conceituadas responderão a suas perguntas imediatamente.

Em muitos casos, o problema não é que a empresa em questão deseja fazer algo criminoso com seus dados. O problema é que elas não estão levando sua segurança e privacidade na Internet a sério. Esse pode ser o tipo de má segurança que deixa a empresa – e você – sujeitos a uma grande violação.